Depois de acomodar o deputado Ciro Nogueira, do Centrão, na Casa Civil, o presidente Jair Bolsonaro recriou oficialmente o Ministério do Trabalho e Previdência, em medida provisória (MP) publicada no Diário Oficial da União, em 28 de julho. A MP prevê a transferência de competência e órgãos do Ministério da Economia para a nova pasta e também a “possibilidade de tran...
A ideia de retomar as ações junto aos parlamentares federais moveu as centrais sindicais a lançar a Agenda Legislativa 2021, que pretende ampliar o nível de relacionamento com o Congresso Nacional e visa aprovar medidas e projetos que favore&cc...
Em novo encontro por videoconferência, realizado dia 21/06, a executiva nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT) reuniu lideranças de todo o país para debater os principais fatos da conjuntura nacional. A um ano e meio ...


Entre Trump e Chávez, Bolsonaro não admite ser contrariado
Mas, afinal, o que o direitista Jair Bolsonaro tem a ver com a controversa figura do esquerdista de Hugo Chávez? O grande número de partidos políticos existentes no Brasil nem de longe representa os diferentes grupos que fazem parte da sociedade. Os partidos são criados por razões particulares e servem para atender a vontade de um chefe político, sem defender bandeiras. Como marca de um estilo agressivo, Bolsonaro não admite ser questionado e, frequentemente, agride mulheres e jornalistas, como fazia Donald Trump, ex-presidente norte-americano. Logo ao assumir a presidência da República, Jair Bolsonaro alinhou sua imagem ao tamb&eacut...

Jogadores do Grêmio dão exemplo: massagista Zezinho ergue taça da Recopa
Enquanto há clubes que não se importam com a luta dos empregados para sobreviver, o elenco do Grêmio dá exemplo e faz uma homenagem na hora marcante de levantar a taça da Recopa Gaúcha, na tarde de 06/06, após vitória por 3 a 0 sobre o Santa Cruz-RS, na Arena. Os jogadores colocaram o troféu nas mãos do massagista José Flores, o Zezinho, que trabalha há 48 anos no Tricolor. No palco da festa do título, os atletas se juntaram para ver o capitão Pedro Geromel erguer a taça. Mas ele chamou Zezinho, de 70 anos, para receber a homenagem. Por ter 48 anos de Grêmio, os jogadores fizeram com que ele levantasse a taça...